Organisme tisse en métamorphose sa destinée


Organisme tisse en métamorphose sa destinée, 2014 65x81cm Technique mixte, papiers collé, acrylique, crayons couleurs encre de chine .....
KIM PRISU

Dogma Mirobulante

Dogma Mirobulante 26x37cm 2014 KIm Prisu 

Portrait d´Epsylonpoint....

Portrait d´Epsylonpoint....2014 KIM PRISU

Refuge de l´apparence

Refuge de l´apparence 2014 26x38 Kim Prisu 

Take on me

Take on me 2014 26x37cm Kim Prisu 


Asks where would you

Asks where would you 2014 26x33 cm Kim Prisu

I have a dream

I have a dream  21x29cm 2013 Kim Prisu 

Allégorie convertie en substance d´impulsion

Allégorie convertie en substance d´impulsion 21x29cm 2013 Kim Prisu 

Anormal télescopage entaille le pertinent

Anormal télescopage entaille le pertinent 20x28cm 2013 Kim Prisu

J´imagine décrocher le filament

J´imagine décrocher le filament 20x29cm 2013 Kim prisu

Suspendu à l´aven tabloïd

Suspendu à l´aven tabloïd 24x 35 2013 Kim Prisu 

Afecte clairement l´exprit. 20 x29 2013 Kim Prisu

Afecte clairement l´exprit. 20 x29 2013 Kim Prisu 

Ils prirent une épingle d´âme tout les quand du temps

Ils  prirent une épingle d´âme  tout les quand du temps  23x29cm 2013 Kim Prisu 

Impresion feline Kim Prisu

Impresion feline  27x36 2013 Kim Prisu

Tambor para os encomendado pelos Bardoada para Dark D´or

Tambor pintado para os  encomendado pelos Bardoada (Pinhal Novo) para  Dark D´or (Catalunha)... Junho 2013 Kim Prisu 

O banqueiro anarquista

O Banqueiro Anarquista 2013 20x30cm kim Prisu serie Fernando Pessoa

As cartas de amor são ridículas

As cartas de amor são ridiculas2013 (19x29cm)  Kim Prisu serie Fernando Pessoa

É como uma memória de outrem.

É como uma memória de outrem. 30x20cm 2013 Kim Prisu serie Fernando Pessoa

O inferno e o céu continuam a existir. São eternos. Quem os tira do céu tira-os para a terra


“O inferno e o céu continuam a existir. São eternos. Quem os tira do céu tira-os para a terra.” 2013 29x39kim Prisu Serie Fernando Pessoa

Ode maritimas serie Fernando Pessoa

Ode maritimas 50x70 2013 Kim Prisu serie Fernando Pessoa

Quantas máscaras possuímos



Quantas máscaras possuímos 20x30cm 2013 Kim Prisu (serie Fernando Pessoa)


Quantas máscaras possuímos
Cobrindo a face da nossa alma e quando
Ela por desejo se desmascara,
E vê a última máscara caída e a face nua?
A verdadeira máscara não está dentro dela mesma
Mas é percebida através de olhos desmascarados
Qualquer que seja a consciência.
Ela aceita a insónia
Como uma criança que teme a sua face refletida
Nossas almas, como as crianças, são pensamentos soltos que
Forçam as diferenças em seus disfarces
E o mundo todo na esquecida causa;
E, quando um pensamento desmascarara a máscara da nossa alma,
Ele não desmascara o que vai ser desmascarado.
Fernando Pessoa


Possuir (serie Fernando Pessoa )



Possuir 39x39cm 2013 KIM PRISU (serie Fernando Pessoa)

Não tenhas nada nas mãos, e sê rei de ti próprio

Não tenhas nada nas mãos  e sê rei de ti próprio 29x20 2013 Kim Prisu serie Fernando Pessoa 

Eat your chocolate little girl (serie Fernando Pessoa)


Eat your chocolate little girl (29x39cm) 2013 Kim Prisu (serie “Fernando Pessoa”)  

Quem me amarrou a ser eu

Quem me amarrou a ser eu  20x 29 kim prisu (serie Fernando Pessoa)

Tenho em mim todos os sonhos do mundo

Tenho em mim todos os sonhos do mundo 19x29cm 2013 de Kim Prisu serie Fernando Pessoa

Beijo, e em que penso

Beijo, e em que penso (19x29cm) 2013 Kim Prisu (serie Fernando Pessoa)

Messagem "Fernando Pessoa"

Messagem 29x39cm 2013 Kim Prisu (serie Fernando Pessoa)

le rêve est la pire des cocaine


Le rêve est la pire des cocaïnes 2013 29x39cm Kim Prisu 
(série FERNANDO PESSOA)
O sonho é a pior das cocaínas, porque é a mais natural de todas. Assim se insinua nos hábitos com a facilidade que uma das outras não tem, se prova sem se querer, como um veneno dado. Não dói, não descora, não abate – mas a alma que dele usa fica incurável, porque não há maneira de se separar do seu veneno, que é ela mesma.

 « Le rêve est la pire des cocaïne  parce que c’est la plus naturelle de toutes. Elle se glisse dans nos habitudes avec plus de facilité qu’aucune autre, on l’essaye sans le vouloir, comme un poison pris sans méfiance. Elle n’est pas douloureuse, elle ne cause ni pâleur ni abattement – mais l’âme qui fait usage du rêve devient incurable, car elle ne peut plus se passer de son poison, qui n’est rien d’autre qu’elle-même »
Fernando Pessoa, in "livro do desassosego"


L´enfant e le masque

A criança e a máscara 2013 (24x30cm) Kim Prisu
L´enfant e le masque 2013 (Série Fernando Pessoa)


Depus a máscara e vi-me ao espelho…
Era a criança de há quantos anos.
Não tinha mudado nada...

É essa a vantagem de saber tirar a máscara.
É-se sempre a criança,
O passado que foi
A criança.

Depus a máscara, e tornei a pô-la.
Assim é melhor,
Assim sou a máscara.

E volto à personalidade como a um términus de linha.

Álvaro de Campos, 11 - 8 - 1934 

Raciocinar no amar 2013

Raciocinar no amar 2013 (20x29,5cm) Kim Prisu (série Fernando Pessoa)


Alberto Caeiro( o Pastor) em Pessoa passo a noite toda sem dormir, pensando de memória, que via em ela sem extensão, a sua fisionomia.  
Os jeitos desiguais que ela encara, sempre que ele fala,
ela metamorfoseou  em consonância com a Sua identidade.
Amar é meditar.
O pastor quase se deslembrou da sensação solitária de raciocinar no amar.
O que quer e o pastor, não ponderar desgarrado.
Agitado goza uma desmedida folia.
Sempre que a quer reaver, por um triz recusa descobri-la,
Delivrar-se, não usufruir, e deixar em constante.
Não preveja o que quer, mas só a imagina a ela.
Não quer questionar alguém, menos a ela, de quem não para de pensar.

Na noite desassossegada 2013 (série Fernando Pessoa)


Na noite desassossegada 2013  21x30cm Kim Prisu (série Fernando Pessoa)

Todos os dias que passam (série Fernando Pessoa)

Todos os dias que passam 2013 21cmx30 Kim Prisu ( (série Fernando Pessoa) 

Pois recusa 2012 (série Fernando Pessoa)

Pois recusa 2012 (28,7x 38,5cm) kim prisu(série Fernando Pessoa) 

Bercer le cosmos figuré 2012

Bercer  le cosmos figuré  2012 21x28cm kim prisu

Infiltre le spontané de mignotée

Infiltre le spontané de mignotée 21x29cm 2012 Kim Prisu 

Hétérogènes accumulé bien entortillés

Hétérogènes accumulé bien entortillés 28x21cm 2012 Kim Prisu 

Le concept de l´inspiration 20x28cm 2012 Kim Prisu

Le concept de l´inspiration 20x28cm 2012 Kim Prisu

O giro de ligação


 O giro de ligação 2012 40x50  serie "fado Singular" kim prisu

Un Univers amplifié dans l’illumination de ta lune 2011


 Un Univers  amplifié dans l’illumination de ta lune "Kim Prisu" 2011-2012

A lizièra do destino

A lizièra do destino 35,7x25,7cm 2011.serie "FADO SINGULAR" kim Prisu

Never Close Our Eyes

video 
Never Close Our Eyes Kim Prisu 2011

Harmonizem as violas

 Harmonizem as violas 20,7x 28,9 2011 kim Prisu

Império de meretriz.\ Etat de Pute 2011

Império de meretriz.\ Etat de Pute  2011 20x29cm Kim Prisu 

L’imparfait d’un espace édifiant 2011

L’imparfait d’un espace édifiant2011 Kim Prisu

Gambader vers les complicités du possible 2011

 Gambader vers les complicités du possible 2011 Kim Prisu

FEMME RÊVE 2011

video 
Femme Rêve 2011 Kim Prisu

Barricade mes yeux... obscurité 2011

Barricade mes yeux... obscurité  2011 Kim Prisu

Fragmento Existencial 2011

Fragmento Existencial 2011 Kim Prisu

Mène-moi à intensité délicieuse intention 20x30cm 2011 Kim Prisu

Mène-moi à intensité délicieuse intention 20x30cm 2011 Kim Prisu 

net Beauté indompté...2011 (détail)

Beauté indompté...2011 Kim Prisu (détail)